domingo, 3 de outubro de 2010

Quero-quero


Fotografia: acervo pessoal

Algumas pessoas parecem ter nascido sabendo o que queriam fazer para o resto de suas vidas, e não saber as vezes pode parecer um defeito. Tenho amor incondicional por algumas práticas, mas não sei com exatidão o que vou fazer com o resto dos meus dias, não sei inclusive se quero fazer sempre a mesma coisa.

Eu quero ler a fixão do jornal e a realidade dos romances. Não quero morar sozinha, mas quero estar só de vez em quando. Quero uma janela com vista pro mar no décimo primeiro andar, um quintal com boneco de neve e uma varanda de onde eu possa admirar as curvas mal desenhadas das montanhas azuis. Eu desejo muitos dias de sol, mas que chova toda vez que eu estiver com muita vontade de andar, porque eu adoro banho de chuva.

Talvez eu queira ter em casa uma máquina de café expresso, ou quem sabe morar perto de uma padaria só pra ter alguém pra me dizer "olá" quando eu cansar do monólogo diário com o meu peixe. Eu quero ter alguém pra me dizer "boa noite", ou talvez me baste poder desejar que sonhe comigo, mas que eu tenha sempre em quem pensar antes de dormir.

Eu quero que o meu dinheiro seja fruto de um trabalho que eu amo, mas que não me sufoca. Quero estudar sempre, não quero aprender a viver sem adquirir (mais) conhecimento. Ainda assim, eu quero tempo. Tempo pra mim e pra quem eu amo. Eu quero assistir a muitos filmes, ler muitos livros, visitar muitos lugares e conhecer muitas pessoas. Quero doar sangue, fazer trabalho voluntário e consultar regularmente um médico. Escrever um livro, fazer uma exposição fotográfica e ver os meus olhos cheios de satisfação refletidos no espelho.

Desejo ver o pôr-do-sol com ar de missão cumprida, com a certeza de que fiz valer todo o esforço. E quando eu acordar, que não tenha sido apenas um sonho bonito, mas uma realidade que me motiva a cada dia, hora e instante que eu me dispuser a viver. Isso é tudo o que eu sei querer agora.

2 notas de rodapé:

Guilherme Ferreira disse...

É o Gui, teu colega... Tudo bem Taíssi!!!

Gostei muito!!! Ótimo texto para refletir e se motivar.....parabéns já sou fã do blog...

Taíssi Alessandra disse...

Oi colega,
Muito obrigada pelos comentários e elogios.

Serás sempre bem-vindo aqui =)

Postar um comentário

Fique a vontade, a época é toda sua.