domingo, 9 de agosto de 2009

O vô Nildo

Quando tinha quase 3 anos Deus levou meu avô pra lhe fazer companhia. O vô Nildo, como carinhosamente o chamávamos, foi sem dúvidas o melhor homem que eu já conheci, e ainda que tenha passado menos de 3 anos na sua companhia, eu afirmo isso com absoluta certeza. Tenho muitas lembranças dele, algumas são histórias que minha mãe conta e eu transformo em lembrança. Quando era pequena sempre gostava de imaginar que o vô era uma estrela e toda vez que eu sentia saudade era só olhar pro céu que eu podia conversar com ele. Acontece que hoje acordei com uma saudade grande dele, mas não pára de chover!

0 notas de rodapé:

Postar um comentário

Fique a vontade, a época é toda sua.