quarta-feira, 1 de abril de 2009

Ainda existem pessoas legais no mundo!

Nos últimos dias tenho percebido a minha visível dificuldade de acreditar e confiar nas pessoas. Não é que eu não queira, mas é como se houvesse um mecanismo automático de desconfiança dentro de mim e ele é acionado involuntariamente toda vez que algum desconhecido se aproxima. Acho que é compreensivo que depois de tantas decepções e desilusões para com as pessoas eu me sinta dessa maneira, mas ao mesmo tempo não é justo, nem comigo, nem com os outros.
Mas é tão tão bom você, de repente, perceber que ainda existem pessoas legais no mundo, que de alguma maneira, mesmo que seja a mais simplória, se importam com você. Eu, particularmente, valorizo muito essas pessoas.
Hoje me deparei com mais uma dessas situações. Como tenho a chamada "síndrome do esquecimento", na segunda-feira esqueci minha pasta na sala de aula, casualmente ontem tive aula em outra sala, em um prédio do lado oposto a essa sala. No intervalo da terça-feira, fui até o bendito prédio e ninguém da coordenação foi capaz de me informar quem eventualmente era responsável pela limpeza da sala, para que eu pudesse recorrer a tal pessoa, já que eu precisava dessa pasta para a aula de quinta!
Chegando na sala de aula hoje, uma simpática colega veio até mim e perguntou-me, com a minha pasta em mãos, se isto me pertencia. Na segunda-feira ela e uma outra colega perceberam que eu havia esquecido ela e se deram o trabalho de guardar para me entregar hoje! Agradeci a ela muito feliz pela atitude, que infelizmente, é pouco comum nos dias de hoje. Poxa elas poderiam pensar: que se vire, isso não é probelma nosso! Mas não, elas fizeram a diferença e agora estou com a pasta em mãos para realizar o que preciso para a aula de amanhã, e muito mais do que isso, a colega conquistou uma grande consideração da minha parte!

3 notas de rodapé:

Leticia Pereira disse...

Bem que eu falei pra Vivi não pegar... mas ela não me ouviu. Hehe. Colega tua pasta passeou em Cachoeira do Sul! \o/ Como eu te falei, sempre que a "sindrome do esquecimento" aparecer a gente vai estar ali por perto ;)

Taíssi disse...

hahaha...
nossa minha pasta é mais viajada do que eu!
brigadão coleega :D

anna disse...

Eu presenciei esse momento e também achei Lindo! Graças a uma pasta conheci duas pessoas que tenho para mim como grandes amigas.. mesmo sem trocar muitas palavras! :)

Postar um comentário

Fique a vontade, a época é toda sua.